• Autor Willy Lindwer
  • Ilustrador
  • Coleção Memórias
  • ISBN 9789898839527
  • PVP 16,99 € (IVA incluído)
  • preço livre
  • 1ª Edição Abril de 2016
  • Edição atual
  • Páginas 272
  • Apresentação Capa mole
  • Dimensões 150 x 230 x 19 mm
  • Idade

O extraordinário diário de Anne Frank tem vindo a comover milhares de leitores em todo o mundo, sendo um testemunho pungente e humano da perseguição aos judeus durante a Segunda Guerra Mundial. No entanto, sabe-se muito pouco da vida desta jovem após a sua captura, a 4 de agosto de 1944, e posterior envio para os campos de concentração. Como suportou ela a brutalidade do regime nazi? As respostas são-nos dadas, neste livro, pelas mulheres cujas vidas se cruzaram com Anne Frank em Westerbork, Auschwitz e Bergen-Belsen.

Willy Lindwer, cineasta holandês, realizou um documentário televisivo intitulado Os Últimos Sete Meses de Anne Frank, pelo qual recebeu um Emmy. Impressionado com as entrevistas que levou a cabo com seis mulheres que viveram e partilharam com Anne Frank os dias de horror nos campos de concentração nazis, Lindwer decidiu publicá-las integralmente, dando origem a este livro.

Cada uma das seis entrevistadas tem uma história extraordinária para contar - exemplos de um terror inimaginável, mas, simultaneamente, histórias de coragem e compaixão.

A vida de Anne Frank terminou pouco antes do seu décimo sexto aniversário. Estas mulheres tiveram mais sorte. Sobreviveram. 

Incluí 16 páginas de fotografias.

Willy Lindwer, cineasta, produtor e escritor holandês, é filho de pais judeus que passaram à clandestinidade durante o regime nazi. Realizador de inúmeros documentários, o seu trabalho mais célebre foca-se em questões relacionadas com o Holocausto e a Segunda Guerra Mundial, tendo sido premiado com um Emmy pelo seu documentário Os Últimos Sete Meses de Anne Frank, que deu origem ao presente livro.

Em 2010, foi condecorado com a Ordem de Orange-Nassau, pelo seu trabalho e contributo para a Cultura.